Como fazer um planejamento de conteúdo eficiente para seu blog WordPress

O planejamento é o início de todo o conteúdo para seu blog WordPress e não deve ser ignorado. Confira nossas dicas para planejar novos posts.

Planejamento de conteúdo para blog. Imagem ilustrativa.

O marketing de conteúdo já se estabeleceu como a melhor maneira de gerar tráfego orgânico para a sua marca e, assim, atrair novos clientes. No entanto, para que esses objetivos sejam alcançados, o conteúdo do seu blog WordPress precisa ser bem planejado para ser de fato estratégico.

Antes de começar a criar conteúdo, é importante refletir sobre a função que esse conteúdo vai desempenhar para a sua marca. Ter definido quem é o público-alvo, qual linguagem será utilizada e o que se espera que o cliente faça após a leitura é essencial para garantir que os esforços empregados na produção de conteúdo não serão em vão.

Pensando nisso, elaboramos um passo a passo para um planejamento de conteúdo eficiente para seu blog WordPress.

1. Defina a identidade verbal

As marcas estão tendo cada vez mais personalidade, o que é uma excelente forma de criar uma comunicação única com os clientes. Por vezes, muita gente acha que isso se resume a ter somente uma identidade visual bem estabelecida, mas a verbalização também é importante.

As palavras são fundamentais para a comunicação e precisam ser bem escolhidas para transmitir a essência da marca. Assim, delinear uma identidade verbal para o seu negócio é o primeiro passo para criar um conteúdo que converse com seu público.

Alguns elementos presentes na identidade verbal são o nome da empresa, o slogan e o estilo de texto. Também se deve estabelecer a mensagem transmitida aos clientes, ou seja, uma síntese do que a marca quer que seja refletido nos conteúdos. Além disso, definir o tom de voz, seja ele simples, gentil ou formal, é indispensável para criar uma identidade verbal.

2. Conheça as personas

A persona é a representação do cliente ideal, aquele perfil que é desejado pela empresa. Assim, a persona é a síntese de informações demográficas, comportamentais e psicológicas do seu público-alvo em uma pessoa ficcional.

A função da persona é reforçar a percepção de valor do produto ou do serviço oferecido na vida de uma pessoa “real” e compreender como as necessidades e dores dos consumidores são atendidas. Como uma empresa pode ter diferentes públicos, também surge a necessidade de serem criadas diversas personas.

Na criação de conteúdo, as personas são essenciais para entender quais conteúdos são relevantes e vão dialogar melhor com as pessoas que a marca pretende atingir. Por isso, conhecer quem vai ler se interessar pelo conteúdo auxilia no momento de planejar o que vai ser feito.

Saiba mais: Dicas essenciais para a construção de persona

3. Crie um banco de ideias

Ter ideias registradas é o que vai auxiliar na constância do conteúdo. Sem um banco de ideias, a cada vez que um novo conteúdo tiver que ser criado, é necessário fazer todo o esforço de pensar no que deve ser feito.

Boas ideias podem surgir a partir das dores da persona, das sazonalidades dos produtos ou serviços oferecidos, de tendências do mercado e, até mesmo, do cotidiano. Sendo assim, sessões de brainstorming periódicas em que todos da equipe participam podem fazer parte da rotina de trabalho para que o banco de ideias esteja sempre abastecido.

Também podem ser utilizadas ferramentas para obter sugestões de conteúdo interessantes. O site Answer the public disponibiliza as questões mais buscadas em um assunto específico. O Google Trends também é uma plataforma excelente para pesquisas, pois mostra o que está sendo procurado no Google e temas em ascensão, além de comparar termos.

Captura de tela do Google Trends com os termos WordPress e WooCommerce sendo comparados como parte da pesquisa de palavras-chave para blog WordPress.

Outro ponto que pode ajudar na hora de pensar em novas ideias é ter linhas editoriais bem definidas. As linhas editoriais são as temáticas que vão ser abordadas no blog. No blog da Haste, por exemplo, alguns dos assuntos trabalhados são WordPress, WooCommerce e Comunicação. Dessa forma, é mais fácil ter ideias, pois elas precisam estar dentro desses temas maiores.

4. Explore diferentes formatos de conteúdo no seu blog WordPress

Inicialmente, presume-se que um blog vai ser composto por longos textos, mas não precisa ser necessariamente assim. É possível alternar entre diferentes formatos para que o conteúdo como um todo seja dinâmico e continue tendo um teor de novidade para os seus clientes.

Estipule um formato como o padrão para os conteúdos do seu blog WordPress e reveze com outros, como artigos, listas, infográficos, entrevistas, guias e tutoriais. É importante que isso seja definido no planejamento para orientar o momento da criação do conteúdo, facilitando o trabalho da pessoa encarregada pela produção.

Dentro de cada novo post, também é interessante misturar diferentes formatos e utilizar os recursos do WordPress, como os blocos de imagem, vídeo e lista, para que o dinamismo também esteja presente em cada conteúdo.

5. Pesquise palavras-chave

A palavra-chave é essencial para a indexação do conteúdo nos mecanismos de busca, para que os usuários certos possam encontrar o seu blog nas pesquisas. Assim, a pesquisa de palavras-chave deve fazer parte do planejamento para garantir que ela esteja presente no conteúdo escrito.

Existem diversas ferramentas que podem ser utilizadas para identificar palavras-chave que são populares nas buscas. Além disso, as plataformas também ajudam a saber quão concorrido é o termo de pesquisa e qual seria o custo de tráfego pago para a palavra-chave. Algumas ferramentas que indicamos são o Google Keyword Planner, Ubersuggest, Semrush e Ahrefs.

Entretanto, devem ser seguidas boas práticas de SEO no uso das palavras-chave no conteúdo. Repeti-la muitas vezes durante o texto era uma prática comum que, agora, não é bem vista pelos mecanismos de busca.

6. Crie uma jornada

É importante ter em mente em que ponto o cliente ideal está e para que ponto o seu conteúdo irá guiá-lo. Sendo assim, o funil de vendas é essencial para compreender a jornada que o seu cliente deve passar dentro da sua marca.

A experiência é dividida em quatro estágios:

  • Aprendizado e descoberta: é o conteúdo que vai introduzir o cliente ao seu negócio, sendo mais geral e abrangendo temas populares relacionados com a sua solução;
  • Reconhecimento do problema: é o conteúdo que vai fazer o cliente reconhecer que tem uma necessidade a ser resolvida;
  • Consideração da solução: é o conteúdo que apresenta a solução para o problema do cliente de forma generalista;
  • Decisão: é o conteúdo que serve para apresentar a solução proposta pela sua empresa, levando o cliente a tomar a decisão de compra. 

Para uma pessoa interessada em se organizar melhor as suas finanças, por exemplo, os títulos dos conteúdos para cada etapa poderiam ser:

  • Aprendizado e descoberta: Tudo que você precisa saber sobre finanças pessoais;
  • Reconhecimento do problema: Como identificar suas principais despesas no dia a dia;
  • Consideração da solução: 5 livros sobre organização financeira que vão mudar sua vida;
  • Decisão: Como nosso aplicativo vai te ajudar a organizar melhor as suas finanças.

Por mais que o interesse da sua empresa seja promover o seu produto ou serviço, é importante que o seu planejamento de conteúdo também inclua os interesses da persona. Nem sempre a pessoa começa a sua busca sabendo exatamente o que deseja, por isso o conteúdo precisa abranger cada fase da jornada de compra.

Sendo assim, seu planejamento deve incluir o objetivo de cada conteúdo para ajudar a orientar a produção.

Essas são as nossas dicas para que você consiga manter constância na publicação de novos conteúdos no seu blog WordPress, sempre com um bom planejamento.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *