Como fazer networking em WordCamps (ou outros eventos de tecnologia)

Muitas pessoas, principalmente as mais introvertidas, têm dificuldade em falar com outras pessoas em eventos e fazer o famoso networking.

Em 2013, Anyssa e eu participamos do nosso primeiro WordCamp. Conhecemos pouquíssimas pessoas, apesar de muitos dos rostos me serem familiares da internet. Já este ano (2019), fomos ao WordCamp Europa e, mesmo com toda a barreira do idioma, fizemos uma porção de novas amizades. O que mudou?

Vou dar algumas dicas com base em minha experiência.

Puxe conversa

Essa é bem difícil para os mais tímidos. Se você vai com mais pessoas, tente não estar sempre fechado no seu grupo. Tente puxar assunto com as pessoas, comente algo da palestra com a pessoa do seu lado, ou pergunte algo como “qual a próxima palestra?”. Ainda que você tenha a programação impressa e o celular em mãos para consultar, é uma forma válida de aproximação.

Saiba que um dos motivos que a maioria das pessoas está no evento é esse: para conhecer outras pessoas. Elas serão educadas com você, portanto não tenha medo. Se você conhece alguém da internet e o reconhecer, não tenha medo: chegue e se apresente “Olá, você é fulano(a)? Prazer, eu sou beltrana(o), te sigo no Twitter”. A partir daí é só seguir a prosa naturalmente.

Demonstre interesse

Saiba ouvir e demonstre real interesse em saber o que o outro faz e o que o motivou a pessoa a ir ao evento. Faça perguntas, tente entender com o que a pessoa trabalha, ou o que ela estuda. Vocês podem ter algo em comum e, quem sabe, uma parceria profissional pode surgir!

Mas não adianta querer falar com todo mundo esperando sair com 10 contratos de trabalho assinados após o evento (isso com certeza não vai acontecer).

Fale sobre você

Apenas este ano me dei conta de quantas pessoas da comunidade eu conheço, mas que simplesmente não faço ideia do que elas fazem! Pensei se seria desinteresse ou falta de atenção minha.

Mas não foi isso. Percebi que muitas pessoas tendem a falar pouco sobre elas.

Não estou falando para você ser uma pessoa egocêntrica, mas se você quer conseguir freelas, encontrar clientes para sua empresa, ou arranjar um emprego, é preciso falar sobre você. Apresente-se, fale o que você faz, comente sobre o que tem feito.

E seja positivo, nada de “ah, eu faço uns sitezinhos…” ou “eu desenvolvi um plugin meia-boca que faz tal coisa”. Confie no seu trabalho.

Cartão de visitas

O cartão de visitas ainda é relevante? Essa é polêmica. Há quem goste e quem não goste. Eu particularmente acho muito útil ter um cartão em mãos, com todos os meus contatos. Nem sempre os celulares estão carregados e alguns nomes podem ser difíceis de pronunciar/digitar ao salvar contato ou procurar a pessoa nas redes sociais.

Redes sociais

Siga as redes, compartilhe conteúdo com a hashtag oficial e marque o perfil do evento. Assim outros participantes verão seu perfil também. Além disso, interaja, dê sua opinião com comentários construtivos sobre o evento e suas palestras. É mais uma oportunidade de mostrar o que você conhece e quais conteúdos está acompanhando.

Se você está procurando trabalho ou está precisando contratar alguém, pode ser uma boa utilizar essa tática para realizar o seu anúncio também. Você pode marcar um ponto no local do evento para falar com a pessoa que demonstrar interessar.

LinkedIn

Falando em redes sociais, muitos eventos estimulam, e mesmo que não estimulem é interessante que você ative o recurso “na proximidade” do app do LinkedIn. Com ele é possível encontrar membros que estão próximos a você e muito provavelmente na mesma conferência. Aí é só adicioná-los.

Lembrando que uma mensagem de boas-vindas é sempre boa. Cumprimente a pessoa, diga porquê achou interessante adicioná-la, e se o seu interesse for procurar uma vaga ou novos projetos, porque não deixar claro que está a disposição?

Não assista todas as palestras

A maioria dos eventos grava suas palestras e disponibiliza para que você possa assistir no conforto do seu lar. Já a conversa com as pessoas só acontece ali e agora.

Pegue um horário com aquela palestra menos interessante para você e fique de bobeira vendo stands de patrocinadores e passeando pelo espaço — e claro, tentando puxar conversa com as pessoas!

Conclusões

Não sou nenhum especialista em networking. Muito pelo contrário, falho em vários aspectos e nessas próprias dicas que dei. Porém, a experiência de alguns anos em eventos me fez melhorar bastante.

Espero que as dicas possam ajudar a melhorar sua interação nos WordCamps e nos demais eventos!

Sobre o WordCamp São Paulo 2019 que ocorrerá amanhã, o participante Vinicius Sicca criou um grupo no WhatsApp para quem irá ao evento, pode ser um bom começo para se entrosar com outros participantes!

Entrar no grupo do WhatsApp do WordCamp São Paulo 2019

Compartilhe

WordCamp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *