Nuvemshop ou WooCommerce: Qual a melhor plataforma e quais as diferenças?

Um comparativo entre as duas plataformas para ajudar a escolher qual é a melhor para o seu negócio: Nuvemshop ou WooCommerce?

Capa do artigo Nuvemshop ou WooCommerce.

Escolher uma plataforma de e-commerce para atender ao seu negócio não é uma tarefa fácil, especialmente com tantas presentes no mercado. Pensando nisso, comparamos os principais diferenciais entre duas plataformas para você decidir qual é a melhor opção para a sua loja virtual: Nuvemshop ou WooCommerce.

Ambas as plataformas foram lançadas em 2011, possuindo o mesmo tempo de mercado. A Nuvemshop se destaca por sua relevância na América Latina, enquanto o WooCommerce é a plataforma mais utilizada no mundo.

Continue lendo para conhecer mais sobre essas plataformas de e-commerce.

O que é Nuvemshop?

A Nuvemshop é uma plataforma de e-commerce utilizada por mais de 90 mil lojas virtuais no mundo. Em 2021, a Nuvemshop passou a ser a quinta startup mais valiosa da América Latina, recebendo mais de 3 bilhões de investimentos.

A principal promessa é ser uma plataforma de e-commerce com infraestrutura robusta para empresas de pequeno e médio porte. Na avaliação da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, a Nuvemshop é considerada a melhor plataforma do país.

Como funciona a Nuvemshop?

A Nuvemshop é uma plataforma que proporciona a criação de um e-commerce em poucos passos. É preciso somente se cadastrar no site da empresa, selecionar o plano desejado e acessar a área de criação de lojas virtuais.

Inicialmente, a principal configuração é a personalização do e-commerce. Para isso, a Nuvemshop conta com uma loja de temas gratuitos e pagos e que podem ser modificados sem uso de código. Outro recurso interessante é a loja de aplicativos, que oferece integrações com outras plataformas e serviços, como o AliExpress para empresas de dropshipping e sistemas de ERP.

Alguns dos diferenciais oferecidos pela Nuvemshop são:

  • Ícone de WhatsApp na loja;
  • Venda de produtos digitais, como jogos, cursos e livros;
  • Checkout transparente, feito completamente dentro da loja;
  • Promoções por quantidade de produtos e cupons de desconto;
  • Impressão de etiquetas de envio.

Além disso, a plataforma pode ser utilizada para criação e gestão de marketplaces e lojas físicas por meio de suas integrações. A solução também pode ser aplicada para gerenciamento de vendas manuais feitas em redes sociais, como o WhatsApp e o Instagram.

Quanto custa a Nuvemshop?

Atualmente, a Nuvemshop oferece quatro planos:

PlanoImpulsoInfluênciaEscalaEmpresarial
Preço mensalR$ 49,90R$ 99,90R$ 199,90R$ 999
Taxa por vendaR$ 1,99R$ 0,99R$ 0,490,5%
Preços consultados em setembro de 2021.

Nos planos trimestral e anual, é possível ter, respectivamente, 15% e 25% de desconto na contratação da plataforma. Também é preciso adicionar no cálculo as taxas das empresas intermediadoras das transações financeiras, conhecidas como gateways de pagamento. A Nuvemshop possui integração com diversas empresas, como Pagar.me e PayPal.

Outro investimento importante é o domínio personalizado do site. É possível utilizar o domínio nomedaloja.lojavirtualnuvem.com.br gratuitamente, mas resulta em um site difícil de ser memorizado pelos clientes e sem identidade própria. Assim, é essencial comprar um domínio próprio, que custa a partir de 40 reais por ano.

Além do domínio, o tema do site é outro ponto relevante para a identidade do e-commerce. Embora seja possível utilizar um dos temas da Nuvemshop, ter uma aparência exclusiva ajuda a diferenciar a loja virtual das outras que utilizam a plataforma. Dessa forma, contratar uma empresa de desenvolvimento pode ser também um investimento necessário.

Nuvemshop é boa?

A Nuvemshop é uma ótima plataforma de e-commerce, especialmente para empresas de médio porte. Com a facilidade para criar e integrar com outros sistemas, a Nuvemshop é uma excelente opção para quem já possui um negócio sólido e quer migrar de plataforma ou começar a vender online.

Para micro e pequenas empresas, no entanto, os custos da plataforma podem pesar no orçamento, especialmente para aqueles que ainda buscam se estabelecer no mercado. No caso dos grandes negócios, com mais de 1 milhão de faturamento mensal, a Nuvemshop pode não ser recomendada, já que falta experiência e casos nesse nível. 

O que é WooCommerce?

O WooCommerce é um plugin de plataforma de e-commerce para WordPress. Assim como o gerenciador de conteúdo, o WooCommerce tem o código aberto, ou seja, livre para que qualquer empreendedor possa criar a sua loja virtual. 

Por causa disso, existem milhares de pessoas que contribuem e trabalham especificamente com essa plataforma, além do grande número de recursos disponíveis. Ao todo, estima-se que o WooCommerce seja utilizado por 26% de todas as lojas virtuais existentes no planeta, contando com mais de 5 milhões de instalações ativas. 

Como funciona o WooCommerce?

Para começar a utilizar o WooCommerce, é preciso seguir alguns passos:

  1. Ter uma instalação do WordPress ativa;
  2. Instalar o plugin do WooCommerce;
  3. Fazer a configuração inicial com os dados básicos do negócio;
  4. Escolher os tipos de produtos que serão comercializados, que podem ser produtos físicos, arquivos para download, assinaturas, filiações, reservas, pacotes e produtos customizáveis;
  5. Registrar o domínio do e-commerce;
  6. Contratar uma empresa de hospedagem.

Outro passo importante é escolher o tema da loja virtual. O WordPress já conta com um padrão, mas também existem diversos temas gratuitos e pagos disponíveis. Dependendo do tema, é possível fazer pequenas alterações sem necessidade de modificar o código, apenas com o próprio Personalizador do WordPress.

Com isso, o e-commerce já estará pronto para ser colocado no ar e aproveitar todos os recursos oferecidos pelo WooCommerce. Alguns que se destacam são gerenciamento de estoque, recuperação de carrinhos abandonados, cupons de desconto e os variados métodos de entrega.

Outras ferramentas que também merecem atenção são o WooCommerce Analytics, que fornece relatórios completos da loja virtual, e os e-mails transacionais, responsável pelo envio de e-mails de acompanhamento dos pedidos para os clientes.

Além disso, é possível adicionar mais funcionalidades ao e-commerce com o uso de outros plugins, como plugins de otimização para mecanismos de busca e o Google Site Kit. Por ser muito popular, várias plataformas disponibilizam integrações feitas para o WooCommerce, incluindo ERPs, como o Bling! e Tiny ERP.

Quanto custa o WooCommerce?

O WooCommerce é gratuito, não tendo taxas fixas ou por vendas. Para alguns produtos, como assinaturas, são cobradas taxas anuais a partir de 49 dólares, mas é possível contornar a cobrança com o uso de plugins que possibilitam a criação de diferentes tipos de produtos.

Apesar de ser gratuito, para colocar o site no ar, é preciso ter um domínio e uma hospedagem. O domínio pode custar a partir de 40 reais por ano e a hospedagem, a partir de 30 reais por mês.

Os gateways de pagamento também são um gasto à parte. Geralmente, é cobrada uma taxa por venda que varia de acordo com o método de pagamento e o número de parcelas. O PayPal, por exemplo, tem taxas que vão de 3,60% a 4,79% + R$ 0,60 por venda, além da taxa de 1,92% por cada parcela.

Alguns investimentos não são obrigatórios, mas podem ser importantes. Um tema exclusivo para a loja virtual contribui muito para a identidade da marca e, para tal, é preciso contratar uma empresa de desenvolvimento. Também existe a manutenção técnica do site, que pode exigir muito tempo e o estudo do empreendedor, sendo necessário contratar especialistas na plataforma.

WooCommerce é bom?

O WooCommerce é uma excelente plataforma de e-commerce, principalmente por seu baixo custo. Outro ponto importante é que o negócio não fica dependente do serviço de uma empresa que controla a plataforma, tendo autonomia para buscar as melhores soluções para a loja virtual.

Os recursos disponíveis para o WooCommerce também são grandes atrativos, já que fazem com que seja possível customizar a plataforma para as necessidades de cada empresa. Com o WooCommerce, existe a possibilidade de gerenciar estoques de lojas físicas, criar um marketplace e ter um blog WordPress integrado.

Nuvemshop ou WooCommerce: qual escolher?

Não existem grandes diferenças entre as funcionalidades oferecidas pela Nuvemshop e pelo WooCommerce. Sendo assim, a maior diferença são os custos de cada plataforma. Nesse ponto, o WooCommerce se destaca por ter um custo baixo para domínio e hospedagem, sem taxas fixas ou por venda.

Além disso, outro ponto a favor do WooCommerce é a possibilidade de iniciar como uma empresa de pequeno porte sem muito investimento e ir evoluindo o e-commerce conforme a empresa cresce.

Tem interesse em criar uma loja virtual com WooCommerce? Entre em contato.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *