Qual plataforma de e-commerce usar?

Confira como escolher uma plataforma de e-commerce e conheça as principais para saber qual mais combina com o seu negócio.

Capa do texto qual plataforma de e-commerce usar.

Fazer compras online tem se tornado um hábito para o brasileiro. No primeiro trimestre de 2021, o crescimento do e-commerce brasileiro foi de 72,2% e o ticket médio das compras aumentou em 9,4% em comparação ao mesmo período de 2020.

Com mais pessoas priorizando e gastando mais em lojas virtuais, muitas empresas começaram a desenvolver ou melhorar seus e-commerces. Para fazer isso, o primeiro passo é escolher a plataforma de e-commerce entre as muitas opções do mercado.

Pensando nisso, elencamos os principais passos para orientar a escolha de uma plataforma de e-commerce, listamos as principais plataformas e comparamos os recursos e preços de todas elas.

Como escolher uma plataforma de e-commerce?

Muitos fatores podem influenciar na escolha de uma plataforma de e-commerce, mas o mais decisivo é sempre o custo-benefício. No entanto, a opção mais barata pode não ser a melhor para o seu negócio. Por isso, é preciso fazer uma análise completa que compreenda todos os aspectos de uma plataforma.

Analise os termos de uso

Geralmente, os termos de uso são aceitos sem serem lidos. Porém, é essencial analisar os termos de uso de cada plataforma, afinal, trata-se do futuro da sua empresa.

Leia todo o contrato com atenção e veja se concorda com todas as cláusulas apresentadas pela plataforma. Verifique quais são os direitos e deveres, tanto seus, quanto da plataforma, e veja se há algum ponto que vai impedir o encerramento do contrato caso aconteça um problema grave.

Acesse lojas que utilizam a plataforma

No próprio site das plataformas existe uma lista de lojas virtuais que utilizam a plataforma. Tire um tempo para acessar alguns deles e conhecer as lojas a partir da perspectiva do cliente.

Faça um levantamento de recursos que foram percebidos na visita, estude as possibilidades de variação que podem ser feitas e até simule uma compra para entender como será a jornada do seu cliente em cada plataforma. Para complementar a experiência, procure pela plataforma de e-commerce no Reclame Aqui e em fóruns para analisar a opinião de pessoas que já a utilizam.

Reflita sobre as necessidades do negócio

Estude o seu próprio negócio para entender quais são as funcionalidades necessárias para a sua loja virtual. Também trace um plano com metas para o futuro do negócio e quais recursos serão importantes para o crescimento da sua loja.

Alguns pontos importantes que podem ser incluídos nessa análise são quantidade de administradores da loja virtual, métodos de entrega e formas de pagamento. Também é importante pensar se será preciso ter integração com sistemas de ERP, marketplaces e lojas físicas.

Compare as funcionalidades das plataformas

Cada plataforma de e-commerce oferece um pacote único de recursos. Por mais que as funcionalidades básicas, como gerenciamento de estoque, estejam presentes em todas, cada uma tem o seu diferencial.

Outro ponto importante é analisar qual plataforma e qual pacote de serviços mais se encaixa com as necessidades do seu negócio em cada plataforma. Em alguns casos, uma plataforma pode oferecer o mesmo que outra, mas com preços muito diferentes.

Verifique o seu orçamento

Por fim, veja qual é o orçamento máximo para investimento em uma plataforma de e-commerce. Preste atenção, principalmente, às taxas por venda da própria plataforma que podem influenciar diretamente no preço do seu produto.

Nesse momento, é importante analisar qual vai ser o impacto dos custos de cada plataforma de e-commerce no lucro ou no preço final dos seus produtos. Não esqueça de incluir no cálculo os investimentos que vão além da plataforma, como gateway de pagamentos e hospedagem.

Principais plataformas de e-commerce

Existem diversas plataformas de e-commerce no Brasil, cada uma com um foco diferente. Algumas são dedicadas a microempreendedores, enquanto outras visam soluções para grandes empresas. Neste artigo, trouxemos as cinco maiores plataformas para você conhecer.

WooCommerce

O WooCommerce é um plugin para WordPress, o maior sistema de gerenciamento de conteúdo do mundo. O plugin conta com mais de 5 milhões de instalações ativas e estima-se que seja utilizado por 26% de todas as lojas virtuais do mundo.

O principal diferencial do WooCommerce é ser gratuito para alguns tipos de produtos, como produtos físicos, e ser open-source. Isso significa que o código do WooCommerce é aberto e, por causa disso, existem muitos especialistas na plataforma ao redor do planeta.

Para lojas virtuais, o WooCommerce se destaca pelo WooCommerce Analytics, que fornece relatórios avançados, e as possibilidades da plataforma. Com o WooCommerce, é possível criar marketplaces, estratégias omnichannel e ter integrações com diversas outras ferramentas, como o ERP Bling! e o Google Analytics.

Loja Integrada

A Loja Integrada foi criada em 2013 e é a plataforma de e-commerce utilizada por mais de 2 milhões de lojas virtuais. O principal objetivo da plataforma é simplificar a criação e gestão de um e-commerce, oferecendo praticidade para que qualquer pessoa possa criar sua loja em poucos passos.

O recurso que se destaca na Loja Integrada é o SplitCheckout, uma ferramenta própria de checkout que aumenta a conversão em até 20%, de acordo com a plataforma. Outro diferencial são os relatórios comparativos com as outras lojas que utilizam a plataforma, como o Diário de Bordo e o ranking de faturamento.

Saiba mais sobre a Loja Integrada.

Vtex

A Vtex é uma plataforma de e-commerce que hospeda mais de 2.500 lojas em mais de 30 países, atendendo marcas como C&A e Sony. A Vtex se destaca entre grandes empresas de varejo e promete um time-to-market (tempo de lançamento no mercado) mais ágil.

O principal diferencial da Vtex é a abordagem omnichannel, que integra e-commerce, lojas físicas, marketplaces, showrooms e aplicativos em um único ambiente de gestão. Dessa forma, é indicada para empresas que trabalham com múltiplos pontos de venda e de estoque.

Saiba mais sobre a Vtex.

Shopify

A Shopify é uma plataforma presente em mais de 170 países, sendo utilizada por mais de 1,7 milhão de lojas virtuais. A promessa é ser uma plataforma completa para criação, gestão e expansão de uma empresa no meio virtual. 

Alguns dos serviços disponíveis na Shopify que merecem destaque são as integrações para dropshipping e para lojas físicas, para negócios com pontos de venda físicos. Além disso, a Shopify também possibilita a venda de assinaturas e produtos digitais, a criação de um blog integrado e ter um checkout em mais de 50 idiomas.

Saiba mais sobre a Shopify.

Nuvemshop

A Nuvemshop é utilizada por mais de 90 mil lojas virtuais no mundo, com grande presença na América Latina. A plataforma promete entregar uma infraestrutura robusta e ágil para empresas de pequeno e médio porte.

Assim como a Loja Integrada, a Nuvemshop oferece praticidade para quem deseja criar uma loja virtual em poucos passos. Alguns recursos da plataforma que se destacam são o ícone do WhatsApp na loja e a possibilidade de vendas de produtos digitais, como ebooks, jogos e cursos.

Saiba mais sobre a Nuvemshop.

Qual plataforma de e-commerce usar?

Não existe uma resposta universal para essa pergunta. Cada negócio tem suas próprias especificidades, então fizemos uma tabela que compara as principais características de cada plataforma:

PlataformaWooCommerceLoja IntegradaVtexShopifyNuvemshop
PlanoPro 1On demandBasic ShopifyImpulso
Número de visitantes por mêsVaria de acordo com a hospedagem contratada10 milIlimitadoIlimitadoIlimitado
Número de produtosIlimitado100IlimitadoIlimitadoIlimitado
Preço mensalGratuitoR$ 49US$ 29R$ 49,90
Taxa por vendaNão temNão tem2,5%2%R$ 1,99
Taxa mensal de manutençãoOpcional, a contratar à parteIncluída no planoR$ 2.750Incluída no planoIncluída no plano
Número de administradoresIlimitado1Não informado2Ilimitado
Integração com marketplacesSimSimSob demandaSimSim
Integração com ERPsSimSimSimSimSim
Planos mais básicos de cada plataforma. Preços consultados em outubro de 2021.

No geral, todas são boas plataformas de WooCommerce, mas com algumas ressalvas. 

A Loja Integrada é excelente para quem não tem experiência e deseja praticidade. No entanto, deixa a desejar na questão da personalização do site. A Nuvemshop também é excelente quando praticidade é a prioridade, mas a taxa por venda pode assustar pequenos empreendedores.

Outra que se destaca pela praticidade é a Shopify, porém o preço em dólar, considerando a variação da moeda, pode ser um problema para lojas brasileiras. Já a Vtex é uma excelente solução para grandes empresas que podem fazer um grande investimento, mas não é atrativa para negócios em crescimento.

O WooCommerce é gratuito e só por isso já merece uma atenção especial. Existe medo de usar o WordPress por exigir conhecimento técnico, mas existem milhares de profissionais especializados e a plataforma é amigável, sendo bem fácil de usar. Além disso, o WooCommerce é de código aberto, fazendo com que a loja virtual não dependa unicamente de outra empresa.

Levando em conta as integrações, a plataforma que se sobressai é o WooCommerce. Existem diversos plugins que podem incrementar as funcionalidades da plataforma, fazendo com que ela possa ser usada por todos os tipos de negócios, inclusive os mais complexos.

Por causa desses fatores, consideramos que o WooCommerce é a plataforma de e-commerce que oferece o melhor custo-benefício e as melhores soluções.

Tem interesse em criar uma loja virtual com WooCommerce? Entre em contato.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *